Posts recentes

Tags

Beber prejudica sua beleza! Entenda como


bebida

Se você pretende realizar qualquer cirurgia (estética ou não), com certeza, será questionado sobre seus hábitos de consumo de álcool, tabaco e outras drogas (lícitas e ilícitas). E, para sua segurança, é melhor não mentir, ou omitir, nenhuma informação nesse momento. Isso porque o tabagismo prejudica a circulação e o consumo de álcool e drogas prejudicam a recuperação pós-operatória, e se você realmente está interessada no procedimento precisa saber o quanto um pós-operatório mal feito pode comprometer o resultado da cirurgia. Entenda: - O tabagismo diminui a chegada do sangue até o local da cirurgia, o que aumenta o risco de complicações como, por exemplo, trombose. Além disso, quem fuma tem a cicatrização comprometida. - Já o consumo de bebidas alcoólicas aumenta o sangramento, comprometendo a recuperação e cicatrização do procedimento, aumenta a sensibilidade a dores e interfere no efeito de remédio que provavelmente serão prescritos após a realização da cirurgia plástica. Não bastasse todas essas complicações, o consumo dessa substância gera retenção de líquidos (causando inchaço), ou seja, comprometerá diretamente no resultado de sua cirurgia, principalmente se ela teve caráter estético. Afinal de contas, quem se submete a uma cirurgia plástica deseja ver seu corpo no tamanho normal o mais rápido possível. Vale um alerta para quem deseja realizar a rinoplastia: o nariz é especialmente suscetível ao inchaço causado pelo álcool. Resumindo: Não fume, não beba, nem faça uso de drogas pelos 40 dias subsequentes à realização de qualquer cirurgia. O consumo de tabaco, álcool e drogas prejudica a recuperação e a cicatrização no pós-operatório e aumenta a probabilidade de aparecimento de doenças, como a trombose. O álcool e as drogas têm poder destrutivo para a saúde a longo prazo, mas, em muitos casos, os prejuízos para a saúde dos relacionamentos e da própria mente não demoram a chegar.

Consulte um médico ou procure alguma ajuda.