Posts recentes

Tags

Culotes: 5 tratamentos para acabar com eles


Sabe aquela gordurinha ou morrinho que se acumula no quadril, bem ali na altura das coxas? Eles são os famosos culotes, um dos maiores problemas que atormentam a vida de nove em cada dez mulheres.

Os culotes têm origem genética ou hormonal e começam a aparecer na adolescência. Ou seja, qualquer mulher pode apresentá-los, inclusive as mais magras! E, eles incomodam não só as mulheres, os homens também têm culotes, mas com menos frequência.

Mas a boa notícia é que existem tratamentos para acabar com esses indesejáveis culotes e não estou falando de dieta e exercícios aeróbicos, não! Os tratamentos podem ser variados e vão desde massagens com drenagem linfática até a lipoaspiração que é 100% eficiente nos casos mais graves.

Quer saber quais os 5 tratamentos que eliminam os culotes? Continue lendo este artigo!

1) Lipoaspiração: a lipoaspiração é uma cirurgia que elimina os depósitos de gorduras; com cânulas acopladas à um lipoaspirador. Assim antes de iniciar o procedimento, pode-se utilizar o ultrassom externo, para facilitar a retirada de gordura e deixar que suas ondas originam o fenômeno de cavitação que explode algumas células gordurosas. Em alguns casos, o procedimento pode ser realizado com anestesia local.

2) Lipoescultura ou lipoenxerto: diferente da lipoaspiração, nessa técnica, a gordura retirada é realocada em áreas que necessitem, como região dos glúteos, depressões e sulcos nasogenianos (bigode chinês). Há uma reabsorção dessa gordura de até 50% do volume injetado, mas o procedimento deve ser repetido quando necessário.

3) Intradermoterapia: feita em dez aplicações semanais, a região do culote recebe uma série de injeções contendo substâncias químicas capazes de esvaziar os adipócitos (lipolíticas). Os resultados demoram mais a aparecer e o tratamento só é indicado em casos de pouca gordura localizada.

4) Drenagem linfática: técnica indispensável em todos os tratamentos contra os culotes, a drenagem linfática é uma massagem manual feita para estimular o sistema linfático e eliminar toxinas.

5) Endermoterapia: feita por um aparelho que, além de uma massagem de rolamento, faz um vácuo suave, a endermoterapia provoca movimentos que estimulam a microcirculação local. As toxinas são mais facilmente eliminadas, as fibras colágenas se reorganizam e há redistribuição dos depósitos adiposos.

Viu que existe tratamento para dar fim aos culotes! Então, pare de sofrer e venha fazer sua avaliação comigo!

Clique aqui e marque seu horário.